7º Festival de Cinema Feminino Tudo Sobre Mulheres termina hoje com painel de discussões

Da Redação

Nesta quinta-feira (31) termina o 7º Festival de Cinema Feminino Tudo Sobre Mulheres, que está sendo realizado em Cuiabá.

O festival veio com a proposta de abordar o protagonismo da mulher na política e promove em seu encerramento um painel de discussões com mulheres influentes não apenas em Mato Grosso, mas em todo o país.

A deputada estadual Janaína Riva (MDB), juntamente com as deputadas federais Rosa Neide (PT-MT) e Benedita da Silva (PT-RJ), a ex-candidata a vice-presidência da República Manuela D’Ávila (PCdoB-RS) que também já foi deputada federal, ainda irá participar das rodas de debates a ativista e fundadora do site Mídia Ninja, Dríade Aguiar, deverão participar das rodas de conversas que devem começar ás 15h e se estender até ás 17h no Cine Teatro Cuiabá.

Nas eleições de 2018, a deputada estadual Janaína Riva foi a deputada mais votada com 51.546 votos, além disso, Janaína entrou para a história como a primeira mulher a ocupar o cargo de presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). Em abril deste ano, a deputada assumiu a cadeira da presidência de forma interina após um pedido de licença do atual presidente, deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), na ocasião, Botelho havia anunciado que ficaria afastado por quatro meses para passar por exames médicos, porém, ele voltou ao posto menos de um mês depois.

A representatividade da mulher e a presença das mesmas na política ainda possui números muito inferiores aos de homens, em Mato Grosso, houve um significativo aumento da representatividade feminina após as eleições de 2018. O Estado pulou de 2,7% de cadeiras ocupadas por mulheres, para 12,5% após o pleito, estes são dados do Tribunal Regional Eleitoral.

A média no Estado, apesar do aumento continua baixo se comparado aos índices nacionais. Para se ter uma ideia, Janaína Riva é a única deputada estadual de Mato Grosso, em toda a história, apenas 13 mulheres ocuparam cargos na ALMT e apenas 8 foram vereadoras da capital.

Atualmente a deputada ocupa a vice-presidência da casa e vem sendo a voz feminina na ALMT, a expectativa é que nas eleições municipais de 2020 o número de mulheres ocupando cargos públicos mais que dobre.