Avô de 104 anos conclui doutorado e entrega tese no meio da pandemia

Da Redação

Não existe idade certa para começar, voltar ou continuar estudando e esse senhor provou isso ao entregar sua tese de doutorado aos 104 anos de vida. Lucio Chiquito é um colombiano que, mesmo com a pandemia, conseguiu finalizar o trabalho feito para a Universidade de Manchester, no Reino Unido.

Lucio disse que foi durante o período de isolamento social que ele descobriu a solução para um problema sobre o caudal dos rios (volume total de água que passa por um determinado ponto, por um certo período de tempo) , uma questão que ele procurava resposta há 30 anos. Após entregar a tese, ele está esperando a avaliação para poder, finalmente, se graduar.

Em entrevista à CNN, ele explicou mais sobre o que se tratava a tese de doutorado dele: “Dediquei-me a buscar uma metodologia que dê a resposta exata de qual é o caudal máximo de um rio que produza o maior rendimento possível”. Chiquito conta que começou o doutorado quando tinha 73 anos. “Escrevi à universidade, disse que havia me graduado em Magistério de Ciência e Tecnologia e perguntei se poderia pegar um doutorado. Eles disseram: ‘Claro’”, contou.

Chiquito perdeu a esposa há cinco anos e, desde então, vive na cidade de Medellín perto dos filhos e netos. Além de bom pai e avô, Lucio é motivo de orgulho para a família: ele foi o primeiro a incluir mulheres no mundo empresarial na Colombia. Conquistar o doutorado aos 104 anos seria o reconhecimento do trabalho árduo de uma vida inteira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *