Botafogo SP supera Ituano e conquista a 1ª vitória no Campeonato Paulista


O Botafogo conquistou sua primeira vitória no Campeonato Paulista. Na quarta-feira (14), o Tricolor venceu o Ituano por 2 a 1, no Estádio Novelli Júnior, em Itu.

O três gols da partida foram marcados no segundo tempo. Aos 7 minutos, Neto Pessôa, de pênalti, abriu o placar. Aos 30, Luketa ampliou. Seis minutos depois, o adversário descontou com Iago.

Com o resultado, o Pantera chegou a cinco pontos e deixou a zona de rebaixamento. Agora, ocupa a 12ª posição na classificação geral.

De quebra, o Botafogo entrou na briga pela classificação às quartas de final. Com cinco pontos, o time comandado por Argel Fuchs é o terceiro colocado do Grupo 1 -tem um ponto a menos que o Santo André, vice-líder. O líder é o Corinthians, que soma 11 pontos.

Agora, o Tricolor volta a campo no domingo (18), às 20h, quando enfrenta o Palmeiras no Estádio Santa Cruz.

O JOGO

Com o objetivo de conquistar a primeira vitória na competição, Argel Fuchs repetiu a escalação do empate contra o Santos.

Com essa formação, o Botafogo apostou nos contra-ataques. Aos 20 minutos, Luketa recebeu pela esquerda, fintou o marcador e chutou para defesa segura de Edson.

Já o Ituano tentava tomar a iniciativa, mas também pouco criou. A única chance foi numa cobrança de falta de Fernandinho, que o goleiro Igor Bohn espalmou para escanteio.

No segundo tempo, o Botafogo voltou melhor em campo. Logo aos 4 minutos, o zagueiro Fabão completou de cabeça uma cobrança de escanteio e o defensor do Ituano colocou a mão na bola. Após checagem do VAR, o pênalti foi marcado pelo árbitro Paulo César. Neto cobrou com força e abriu o placar.

Com a vantagem, o Botafogo teve mais tranquilidade em campo. Aos 13 minutos, Renatinho recuperou a jogada e rolou para Richard, que finalizou forte e Édson espalmou para escanteio. Na cobrança, Fabão cabeceou e o goleiro rival pegou novamente.

Com o domínio da partida, o Pantera chegou ao segundo gol. John Everson recuperou a jogada e enfiou para Luketa, que invadiu a área e tocou na saída do goleiro: 2 a 0. O lance foi checado e confirmado pelo VAR.

Cinco minutos depois, o Pantera teve a chance de marcar o terceiro, mas Neto Pessôa desperdiçou da marca do pênalti.

Logo depois, o Ituano diminuiu com Iago, que completou cruzamento de Jeferson.

Assim, o Ituano começou a pressionar e o sistema defensivo do Pantera conseguiu neutralizar as jogadas.

No contra-ataque, Richard enfiou para Neto Pessoa, que finalizou e Édson defendeu para evitar o terceiro gol.