Caso suspeito do coronavírus em Mato Grosso é descartado

Da Redação

Um caso suspeito do novo coronavírus em Mato Grosso havia sido anunciado na manhã desta sexta-feira (07), em Rondonópolis (218 km de Cuiabá). Uma mulher de 34 anos que não teve a identidade revelada está internada no Hospital Regional de Rondonópolis e apresentava os sintomas do vírus, porém a possibilidade de ela ter contraído o vírus após uma viagem para a Ásia foi descartada nesta tarde.

De acordo com a Secretaria de Saúde local, a paciente deverá receber alta ainda hoje, já que apresentou significativa melhor e não se encaixa nos requisitos para ter seu quadro considerado suspeito, a mesma não teria apresentado febre e nem outros sintomas como tosse e dificuldade para respirar.

Ainda de acordo com o órgão, a paciente realizou uma viagem para a Ásia, mas não esteve em Wuhan, na China, onde o vírus se manifestou a cerca de um mês e meio. Ela ficou mantida em quarentena desde que deu entrada na unidade hospitalar, durante o período que ficou internada, materiais foram coletados e encaminhados para um laboratório no Rio de Janeiro.

O secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, já havia descartado a possibilidade mais cedo, segundo ele, este caso nem se quer era suspeito, já que uma equipe estadual de saúde analisou a paciente e foi contatado que a mesma não apresentava os sintomas. “Sequer é um caso suspeito. Nossa equipe analisou. Ela [paciente] não apresenta nenhuma das três alternativas para tornar isto um caso de investigação. Muito provavelmente é uma crise respiratória. A paciente não teve febre desde que chegou ao país e nem contato com alguém que tenha sido diagnosticado com a doença”. Disse Figueiredo.

Este era o primeiro caso suspeito da doença em Mato Grosso, até o momento existem dezesseis casos suspeitos do vírus estão sendo monitorados em todo o Brasil, porém até o momento não houve nenhum caso confirmado.

Foto: Internet