A corrupção e o eleitorado

Da Redação

É comum ouvir várias pessoas falarem de políticos corruptos, mas será que a corrupção é exclusividade dos políticos? Neste período eleitoral, muito se ouve sobre compra e venda de votos, quem compra é corrupto, certo? E quem vende seu voto, vende o futuro de sua cidade por quatro anos, é o que, vítima ou corrupto? Pelo que tudo indica, a corrupção não é apenas, uma exclusividade de agentes políticos.

Soberba eleitoral resulta em derrota.

O que mais foi visto durante a eleição, foram marqueteiros e cientistas políticos, apresentando os seus “achomentros”, com objetivo de convencer um indivíduo, ou uma massa. Para piorar, esses que se dizem profissionais da

área da comunicação, geralmente são acompanhantes daqueles que exercem o poder, como prefeito, que lutaram pela reeleição, porém a soberba e arrogância, potencializada pelo poder da caneta, deixa muita gente desprovida

da visão, que vislumbra apenas o mundo imaginário, proposto por aqueles que só pensão em agradar o chefe. Neste caso, o resultado não pode ser outro, a dura realidade da derrota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *