Centro de Triagem reforçará atuação dos municípios no combate à pandemia

Da Redação.

O Centro de Triagem da Covid-19, que funcionará nas instalações da Arena Pantanal, em Cuiabá, é uma medida de auxílio à Atenção Básica dos municípios localizados na região da Baixada Cuiabana. A iniciativa tem o objetivo de viabilizar o atendimento e tratamento precoces, como forma de evitar complicações e reduzir os índices de internação hospitalar.

O governador Mauro Mendes destacou que essa é uma ação estratégica que atende ao protocolo do Ministério da Saúde. Porém, a oferta do serviço de atenção primária continua sendo uma obrigação das prefeituras.

“Esse auxílio do Governo do Estado não excluiu a responsabilidade dos 141 municípios. Essa é uma iniciativa do governo, a estrutura é estadual e não inviabiliza outras iniciativas, pois o Centro de Triagem não será a porta de entrada para tratamento da Covid-19, mas sim um reforço para a rede de Atenção Básica dos municípios”, explicou.

O atendimento no Centro de Triagem é específico para pessoas adultas que apresentem sintomas leves do novo coronavírus e que precisam receber as orientações médicas adequadas para dar início ao tratamento precoce da doença.

No local, serão realizados os exames de detecção do vírus, as avaliações de quadro clínico, a tomografia e entrega de medicamentos para pacientes adultos. Após triagem e consulta individualizada, poderá haver – caso recomendado pelo profissional médico – a prescrição de uma receita para a retirada, no próprio Centro, de remédios que tratam os sintomas da Covid-19.

Para o secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, a iniciativa irá contribuir para diminuir os casos graves da doença.

“Esse não é um atendimento para casos agravados. Para os casos graves, a porta de entrada continua sendo as UPAs. Por isso é importante que apenas as pessoas que tenham sintomas leves venham até aqui”, afirmou, ressaltando que a unidade será uma extensão do Hospital Estadual Santa Casa.

O atendimento para pessoas com sintomas leves da Covid-19 terá início na próxima quinta-feira (23.07), com distribuição de senha das 6h às 6h45 e início dos atendimentos às 7h. Serão atendidas as pessoas com senhas que tenham a validade para o mesmo dia – ou seja, a senha não poderá ser utilizada para outro dia e nem por outra pessoa.

Foto:  Foto por: Christiano Antonucci – SECOM/MT