CGE apresenta sistema à Controladoria de município capixaba

Da Redação

A Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) apresentou, na última semana, por videoconferência, à equipe técnica da Controladoria Geral do Município de Colatina, no Espírito Santo, as funcionalidades da ferramenta eletrônica utilizada pelo órgão de controle interno de Mato Grosso para gestão de suas atividades e elaboração de seus produtos.

O interesse em conhecer o sistema partiu dos profissionais da CGM. “Estamos expandindo os trabalhos de controle interno em nosso município e nos interessamos no software de gestão de auditoria da CGE-MT. Como precisamos automatizar o processo de auditoria e não dispomos de software dessa natureza, a ferramenta de Mato Grosso poderia contribuir significativamente em nossas auditorias”, pontuou o auditor público de interno da CGM-Colatina, Patrick Zanoni.

Ligiani Silveira – CGE/MT

Denominado de Sistema de Controle Interno (SCI), o software concentra as informações de todo o ciclo de auditoria e controle preventivo, da abertura das ordens de serviços à elaboração dos relatórios e orientações técnicas. Também são inseridos no sistema os produtos elaborados pela CGE-MT nas áreas de Ouvidoria, Transparência e Corregedoria.

O SCI foi desenvolvido por analistas da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) em parceria com auditores do perfil em Ciências da Computação, há cerca de nove anos, com base na metodologia de atuação da CGE.

A ideia da apresentação foi demonstrar os fundamentos da concepção e o funcionamento do sistema para que os auditores da CGM de Colatina avaliem a viabilidade de uso do software ou de servir de referência no eventual desenvolvimento de sistema próprio.

Ligiani Silveira – CGE/MT

O secretário-controlador geral do Estado, Emerson Hideki Hayashida, destacou a possibilidade de cessão gratuita do código-fonte da plataforma à CGM-Colatina (ES), como parte da diretriz estratégica de apoio aos controles internos municipais. “Não precisamos inventar a roda. Temos é de nos unir cada vez mais, utilizar as ferramentas e metodologias disponíveis para evoluirmos e darmos uma resposta efetiva à sociedade”, argumentou.

O módulo teórico da viodeconferência foi conduzido pelo secretário adjunto de Controle Preventivo e Auditoria da CGE-MT, José Alves Pereira Filho, e o módulo prático, pelos superintendentes de Auditoria e de Inteligência de Controle Interno, Joelcio Caires e Aprígio Guilherme de Freitas, respectivamente.

Ligiani Silveira – CGE/MT

Após a videoconferência, a CGE-MT ficou de disponibilizar à equipe municipal alguns acessos ao sistema para a realização de simulações de auditorias e análises quanto à viabilidade da ferramenta para a realidade da CGM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *