Denúncias aumentam quase 222% no período de enfrentamento a Covid-19

Da Redação 

Os atendimentos dos números de emergência do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) aumentaram quase 222% no mês de março, em comparação com o mesmo período de fevereiro deste ano. Um dos motivos para este acréscimo são as denúncias em relação as aglomerações, proibidas neste período de enfrentamento a Covid-19.

Entre os dias 21 a 26 de fevereiro foram recebidas 470 ligações de denúncias diversas. Já no mesmo período de março foram 1.513 ligações. Ainda no período, o Ciosp elevou o número de ligações recebidas de 9.710 em fevereiro para 13.742 em março. Um aumento de 41,52%

O total de ocorrências registradas subiu mais de 25%. Em fevereiro foram 1.179 contra 1.474 em março. O Ciosp é uma unidade da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), que integra as ações das forças policiais.

As reduções no atendimento só estão refletidas nas denúncias de índices criminais, a exemplo da lesão corporal, que reduziu 9,68% e furto que baixou em 13,92%. Em fevereiro foram relatadas 155 ocorrências de lesão corporal. Já em março foram 140. Ainda em fevereiro foram recebidas denúncias de 79 crimes de furto contra 68 em março.

O Ciosp concentra as chamadas feitas ao 190 da Polícia Militar (PM), 193 do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), 197 da Polícia Judiciária Civil (PJC), 181 Disque Denúncia, 199 da Defesa Civil e o 191 da Polícia Rodoviária Federal (PRF). 

Foto:PMMT