Disputa eleitoral em Jangada começa tomar definições

Da Redação.

O que começou com um candidato favorito, para vencer as próximas eleições e comandar a cidade de Jangada, mudou todo cenário com a Operação da Polícia, como também com as revelações que decepcionou boa parte dos eleitores.

O vereador e candidato a prefeito de Jangada, Rogerinho Meira (PP) era apontado como o favorito para vencer a eleição, pois já vinha atendendo a demanda da população de várias formas, o que ninguém sabia é de onde estava vindo tanto recurso, coincidência ou não, o cenário de tudo mudou quando membros de sua família, como pai, tio e irmão foram presos, acusados de chefiarem e fazerem parte de uma das maiores quadrilhas de roubos de gado de Mato Grosso.

A notícia do envolvimento de membros da família do candidato a prefeito, Rogerinho Meira com uma quadrilha violenta de roubos de gados, caiu como um “balde de água fria” nos eleitores que estavam dispostos a depositar sua confiança no candidato.

Foto: facebook

Hoje, para quem passa por Jangada e pergunta sobre política, a resposta é praticamente unanime:

“Rogerinho até ia ganhar, mas com tudo que aconteceu, não tem mais como votar nele, a disputa vai ficar entre o atual prefeito, Ederzio de Jesus Mendes (DEM), o popular “Garrincha” contra o ex-prefeito Valdecir Kemer, mais conhecido como “Gauchinho”.

De acordo com informações da equipe de reportagem do Grupo O Mato Grosso de Comunicação, mesmo com tanta rejeição e inviável economicamente, Rogerinho Meira ainda conta com a esperança da benção do “padrinho”, deputado federal Neri Geller, que estaria disposto a fazer de tudo para atender as reivindicações do “afilhado”.

Foto: Divulgação

Apesar do desgaste de quem está no mandato, Garrincha agora possui a vantagem de estar com a máquina na mão, com a base formada e várias obras como discurso de campanha, entre elas, as pavimentações asfálticas em várias localidades, como também a inauguração da primeira praça da pública da cidade.

Foto: Biorosário

Já o Gauchinho, além de possuir os desgastes do seu período no comando da Prefeitura de Jangada, perdeu boa parte de sua base eleitoral, sem falar do boato na cidade de que a saúde dele não ficou 100%, depois do acidente de carro que aconteceu no último mês de junho.

Pelo que tudo indica, os eleitores de Jangada, já começaram a definir em quem irão votar.

Foto: Divulgação