Há 16 anos sofrendo, população de Acorizal quer mudança

Da Redação.

A maioria dos moradores da cidade de Acorizal, está indignada com tanta incompetência e corrupção, que marcaram as últimas administrações no comando a Prefeitura, deixando o município sucateado, explorado, denegrido e inviável economicamente.

“Teve prefeito que ficou oito anos no comando, ficou rico, fez de tudo, ficou tão pesado que não conseguiu dar uma passo a mais na vida pública, hoje, o ranking de maiores devedores da cidade, é liderado por agentes públicos, que coincidência ou não, estão pleiteando comandar novamente a Prefeitura de Acorizal”, disse um eleitor, que pediu para não ser identificado, e está indignado com os políticos que insistem lutar pelo poder.

Foto: Facebook

Meraldo Sá, que tem seus direitos políticos cassados por vários anos, já teve a sua candidatura impugnada nos últimos dias pela Justiça, ele tenta a todo custo, conseguir disputar através de liminar, ou seja, um possível candidato a prefeito, que já tem problemas de improbidade administrativa, quando há atividades que caracterizam desvio de dinheiro público, quer voltar a administrar o dinheiro da Prefeitura de Acorizal.

“O vereador e presidente da Câmara de Acorizal, Diego Taques está sendo apontado como o plano B de Meraldo Sá, para assumir a campanha do grupo”.

Em uma situação semelhante, tem o atual prefeito Clodoaldo Monteiro, que está sendo apontado por boa parte da população, como um dos piores prefeitos da história do município, devido atividades que foram reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, como também pela Câmara Municipal de Acorizal e dezenas investigadas pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso.

Foto: Divulgação.

“Clodoaldo Monteiro é visto muita gente, como uma das piores decepções política do povo de Acorizal”.

De acordo com dados, levantados pela equipe de reportagem do Grupo O Mato Grosso de Comunicação, a renovação é a palavra chave que está fazendo toda diferença na disputa eleitoral de Acorizal, aqueles que acham que os antigos grupos políticos, na forma antiga de fazer política vai prevalecer, poderão se surpreender com a nova tendência, que os eleitores buscam nos políticos, com um presente e futuro sem corrupção e uma administração pública eficiente.

Foto: Divulgação.