Mulher é detida por crime contra a fauna após comercializar animais silvestres e porte ilegal de arma de fogo em Querência

Da Redação

A Polícia Militar (PM) prendeu uma mulher acusada de crime contra a fauna e porte ilegal de arma de fogo, na última terça-feira (18). A ação realizada em Querência (945 km de Cuiabá), resultou na apreensão de uma pistola calibre 635, com uma munição, além de quatro pacas e um perdiz que estavam abatidos e limpos.

De acordo com o boletim de ocorrência, a denúncia apontava uma lanchonete que estaria comercializando pescados e animais silvestres. No estabelecimento comercial, os policiais foram recebidos pela mulher que se identificou como proprietária.

Questionada se estaria armazenando ou comercializando algum produto ilegal, a senhora negou. Os policiais realizavam vistoria no imóvel quando encontraram os animais abatidos. A arma de fogo estava em um dos cômodos.

Diante disso, a proprietária foi detida e encaminhada para a Central de Flagrantes.

Foto: PM-MT