Parceria entre TCE-MT e Senai recupera mais 13 respiradores

Da Redação.

Em quatro dias, 13 respiradores mecânicos foram recuperados pela equipe técnica do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Departamento Regional de Mato Grosso (SENAI/DR-MT), unidade Várzea Grande, e estão liberados para a utilização na rede pública hospitalar do Estado no tratamento de pacientes acometidos pelo novo coronavírus (Covid-19). A ação é fruto da parceria com o Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), que prevê a recuperação de 87 respiradores sem condições de uso. 

De segunda-feira (8) até quinta-feira (11), 13 respiradores receberam manutenção e estão liberados para utilização na Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, Hospital Geral, Hospital Metropolitano e os Hospitais Regional de Alta Floresta, Cáceres, Sorriso e Sinop. Dos 118 respiradores recebidos para avaliação e manutenção, 28 foram arrumados e entregues para as unidades hospitalares, 7 aguardam peças, totalizando 35 respiradores recuperados. 

A manutenção dos respiradores é fruto do acordo técnico-financeiro-emergencial assinado entre TCE-MT e Senai, no mês passado. O termo prevê suporte financeiro da Corte de Contas no montante de R$ 500 mil para aquisição de peças e outros materiais necessários para o reparo dos respiradores.  

“Sabemos da importância desses respiradores para as unidades hospitalares no combate à Covid-19. O convênio entre TCE-MT e Senai foi altamente positivo e os respiradores, que hoje estão sendo devolvidos para a sociedade, vão salvar vidas”, afirmou o presidente do TCE-MT, conselheiro Guilherme Antonio Maluf. 

De acordo com o presidente da Fiemt, Gustavo de Oliveira a parceria foi muito importante porque viabilizou a manutenção e recuperação dos respiradores, algo que a equipe do Senai tem capacidade técnica para fazer.

Foto: TCE-MT