Pode até viver sem amar, mas com amor é melhor?

Da Redação

O que mais se vê, são pessoas vivendo por responsabilidade, não que seja errado, pelo contrário, é louvável, um ser de respeito, cumprindo com seus compromissos, pagando suas contas, realizando seus trabalhos, seus afazeres, pautado por uma conduta ilibada, mantendo suas atividades dentro do estipulado politicamente correto, porém, e seus sentimentos, ficaram mesmo de lado para seguir regras impostas, em uma vida que até então é única, será que vale mesmo deixar os sentimentos de lado, mantendo a realidade de uma vida com casa, carro, dinheiro, bens materiais, ou é melhor ser chamado de louco e viver o mundo doce de ilusões proposto para quem decide optar pelo amor…?

 

Foto: publicdomainpictures

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *