PRF recupera carreta roubada em Várzea Grande e motorista continua desaparecido

Da Redação

Durante a madrugada da última sexta-feira (14), um motorista (36) desapareceu após ter sido assaltado por uma quadrilha especializada em roubos de cargas. A carreta bitrem Scânia R 480, com placas de Adamantina (SP), foi roubada em Jangada (80 km de Cuiabá).

A vítima foi rendida dentro do veículo e antes de desaparecer, ainda conseguiu pedir ajuda por rádio, assim que um outro motorista atendeu, acionou a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que localizou o veículo e deu início a uma perseguição durante a madrugada.

De acordo com a ocorrência, os policiais entraram em contato com o dono do bitrem roubado e conseguiram fazer o rastreamento da carreta que indicava localização no km 455 da BR-364, em Cuiabá.

Em deslocamento ao ponto indicado, a PRF encontrou o veículo na estrada, quando deu início à perseguição e foi dada ordem de parada por meio de sirene, o que foi desobedecido pelo ‘motorista’ do veículo. Que nesse momento não é possível afirmar se era a vítima que conduzia, por ordem dos bandidos ou se era um dos ladrões.

A perseguição seguiu e a todo o momento os bandidos jogavam o bitrem para cima da viatura, na tentativa de atingi-la e forçar o fim da ‘caçada’. Assim como freavam bruscamente, quando percebiam os policiais atrás da carreta, na intenção de fazer a viatura bater contra a traseira da Scânia.

Nas redondezas da Avenida Mário Andreazza, o condutor da carreta perdeu o controle da direção, subiu no canteiro central da pista e parou em meio a um matagal à margem da rodovia, onde conseguiram descer da Scânia e foragir a pé.

O motorista e carga continuam desaparecidos.

A carreta foi devolvida para o dono e as buscam continuam em andamento.

Foto: Reprodução