Seciteci realiza evento internacional de popularização da ciência, tecnologia e inovação

Da Redação

Visando fomentar e ampliar o acesso à ciência ao maior número de pessoas, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) realizará, em Cuiabá, o maior festival internacional de divulgação científica: o Pint of Science em formato totalmente virtual. O evento gratuito ocorrerá nos dias 89 e 10 de setembro, a partir das 17h30 (horário de Mato Grosso) e será transmitido ao vivo, por meio do Youtube Facebook da Seciteci.

De acordo com a superintendente de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação da Seciteci, Lectícia Figueiredo, o objetivo principal é promover a popularização da ciência, levando o tema além das fronteiras das universidades, laboratórios de pesquisas e centros de inovação.

“Queremos tirar os intermediários entre o cientista e a sociedade para estabelecer um canal direto de diálogo, por isso os cientistas que muitas vezes ficam ‘escondidos’ em seus centros de pesquisas, agora falarão direto com a população, por meio destes encontros virtuais”, disse.

A superintendente explica que o ‘Pint of Science’ geralmente é realizado em maio, mas devido à pandemia do novo coronavírus, a organização adiou o festival e decidiu realizar em formato virtual com a participação de cinco palestrantes.

Os mediadores estarão na Cervejaria Louvada, de onde irão conversar virtualmente com a população mato-grossense sobre diversos temas, como meio ambiente, cerveja, clima, epidemias, nanotecnologia e inovação, além de responder perguntas e apresentar pesquisas científicas.

A proposta é divulgar conhecimento científico para o público em geral em mais de 100 cidades espalhadas por 10 países, que realizarão o evento simultaneamente. Os países participantes são: Brasil, Alemanha, Austrália, Áustria, Canadá, Espanha, França, Irlanda, Itália e Reino Unido.

O ‘Pint of Science’ deve ocorrer em pelo menos outras 74 cidades brasileiras e pela segunda vez será realizado em Cuiabá, com a parceria entre a Seciteci, a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Cervejaria Louvada e a agência de publicidade Cria Estúdio.

Para participar, os interessados devem preencher o formulário disponível no Sympla AQUI. Os 100 primeiros inscritos ganharão uma caneca de brinde e poderão retirar a partir de 4 de setembro, na Cervejaria Louvada, localizada na Avenida das Torres, bairro Jardim Imperial, em Cuiabá.

Pint of Milk

Este ano, para atrair participação de crianças e jovens, o evento terá uma programação especial, o ‘Pint of Milk’, visando estimular curiosidades e futuros estudos na área científica. Este evento virtual será nos dias 9 e 10 de setembro, às 15h (horário de Mato Grosso).

A transmissão será da sede da Seciteci, por meio do canal do Youtube e Facebook da secretaria. No dia 9, a live será com a professora da Seciteci, Juliana Graziela, e no dia 10 com o professor da UFMT, Marcelo Marchiori.

Descrição do Evento

O ‘Pint of Science’ é uma organização sem fins lucrativos, que em 2019, recebeu mais de 1300 cientistas voluntários que falaram com o público em geral (que na maioria não tem conhecimento científico prévio), em bares e restaurantes de todo o país.

O fato de o evento ocorrer nestes lugares, somado à informalidade da linguagem dos palestrantes, faz com que o público fique mais à vontade para se aproximar e tirar dúvidas. Mais de 34 mil pessoas assistiram ao ‘Pint of Science’ no Brasil.

A palavra pint (pronuncia-se paint) é uma medida – equivalente a cerca de 500 ml – tradicionalmente usada para se referir ao tamanho do copo em que a cerveja é servida em bares e pubs.  Portanto, o nome remete a uma “porção de ciência” para a população.

História 

O evento surgiu na Inglaterra, em 2013, com Michael Motskin e Praveen Paul, na época pesquisadores do Imperial College London, que tinham a intenção de levar os cientistas para perto das pessoas de uma forma divertida, ao invés do caminho mais tradicional do público ir até às universidades e conversar com os pesquisadores. Assim surgiu a escolha por bares e restaurantes.

Foto por: Seciteci