Secretário de Educação apresenta projetos e investimentos previstos para 2021

Da Redação.

O secretário de Educação, Alan Porto, apresentou aos deputados estaduais e para deputada federal Rosa Neide os principais projetos que sua pasta está preparando. Serão cerca de R$ 936 milhões do Programa Mais Mato Grosso. Para infraestrutura escolar, R$ 442 milhões que possibilitarão 40 novas escolas, 45 reformadas, mais de 30 novas quadras poliesportivas.

Os investimentos na educação levam em conta também o esporte e lazer, e também a ambiência escolar como cozinhas e refeitórios e, principalmente, salas climatizadas, um ponto defendido pelo atual governo.  

Para 2021, 115 escola passarão por manutenção preventiva, com revisão no sistema elétrico, hidráulico, telhado e outros pontos críticos, deixando escolas como novas.

Na reunião, realizada nesta terça-feira (22.12), na Seduc, participaram os deputados estaduais Wilson Santos, Janaína Riva, Thiago Silva, João Batista, Elizeu Nascimento. Os deputados Xuxu Dal Molin e Valmir Moretto enviaram representantes.

Alan Porto reforçou o foco de sua pasta, que é trabalhar intensivamente a parte pedagógica. Nos investimentos do Mais Mato Grosso, uma grande fatia será para compra de computadores, notebooks e chromebooks – computadores portáteis direcionados à educação –, além de banda larga instalada nas escolas.

“Nosso foco é a formação dos professores para trabalhar essa tecnologia em sala de aula. Não podemos pensar só em comprar os equipamentos. Precisamos saber utiliza-los. Com a implantação do sistema estruturado de ensino, teremos condições de, nos próximos dois anos, estar entre as dez melhores educações do país” avalia Porto.

O secretário assinala que o Estado vive hoje um ótimo momento, pois Mato Grosso está prestes a conseguir um grande empréstimo (cerca de 100 milhões de dólares) para investimento em infraestrutura escolar, tecnologia e a parte pedagógica.

Durante a explanação, o secretário de educação lembrou aos presentes que educar é um trabalho de várias mãos, pois não adianta somente o trabalho do secretário, do governador. Trata-se de um trabalho em conjunto com deputados estaduais, federais, senadores, profissionais da educação e comunidade escolar.

“Uma sociedade só obtém êxito se focar na educação. Nós podemos ter uma grande infraestrutura, uma ótima saúde, mas uma sociedade só vai deixar um legado se tiver o conhecimento. E conhecimento se adquire com educação”, salienta.    

Parceria

Até o dia 30 de dezembro, serão firmados convênios com 14 municípios com quase R$ 37 milhões em investimentos envolvendo convênio na infraestrutura – construção de quadras poliesportivas, ampliação e construção de unidades escolares.

Participam dos convênios os municípios de Itanhangá, Santa Rita do Trivelato, Querência, Sorriso, Campo Novo dos Parecis, Primavera do Leste, Figueirópolis D’oeste, Nortelândia, Sapezal, Peixoto de Azevedo, Nova Lacerda, Nova Canaã do Norte, Porto Alegre do Norte e Juscimeira. Por causa da restrição eleitoral, somente os prefeitos reeleitos puderam participar dessa parceria.

Alan Porto lembrou aos deputados que a parceria com os municípios deu certo em 2019 com ótimos resultados. E para os novos prefeitos, serão assinados novos convênios.

“Vamos dialogar e oferecer convênios e parcerias também nos cursos de formação com todos os municípios. É compromisso que o Governo do Estado que garantiu trabalhar em conjunto com os municípios. É um grande investimento com os municípios porque eles têm mais facilidade em acompanhar as obras. Por isso, estaremos assinando o convênio até o final do mês”, comemora o secretário.

Foto: Adilson Rosa