Sonegação: Revelações provocam debandada de apoiadores da campanha de Flávio

Da Redação.

Lideranças políticas, sociais e candidatos a vereadores, ao descobrirem os problemas que envolvem, Flávio Vargas candidato a prefeito de Várzea Grande, e o seu coordenador de campanha, Tião da Zaeli estão deixando o grupo de apoio e seguindo uma disputa independente.

Após várias notícias, que tomaram conta da imprensa regional e estadual, revelando as dezenas de processos de sonegação de impostos, que envolvem o nome do candidato Flávio Vargas, muitos estão preferindo seguir outro caminho, já que o candidato não é aquilo que eles imaginavam.

“R$ 98 milhões de sonegação de impostos, valor que está sendo investigado pela Justiça”.

Foto: Divulgação

Além das investigações por sonegação, a decepção popular agrava com a revelação das condutas de algumas pessoas que arrodeiam, coordenam, comando a campanha do candidato Flávio.

Para os eleitores, as pessoas que estão coordenando a campanha, são aquelas que irão comandar na administração, mas como essas pessoas não possuem uma reputação ilibada, digna, honesta, e muito menos límpida, não apresentam o perfil exigido pela maioria da população de Várzea Grande.

Desta forma, pessoas como o candidato a vereador, Joelson Muller já utilizou das suas redes sociais para informar a população, que não faz mais parte do grupo de apoio da candidatura de Flávio Vargas.

Foto: Reprodução.

“Eu não posso apoiar uma pessoa que tem como coordenador Tião da Zaeli, que já foi vice-prefeito e prefeito, quando não fez uma boa administração e ainda abandonou o povo de Várzea Grande, deixando a cidade nas mãos de pessoas que só fizeram acabar com o município”, ressaltou Joelson.

Assim como este candidato que agora segue na disputa solitário, “antes só do que mal acompanhado”, muitas lideranças que declararam apoio ao candidato, Flávio Vargas estão buscando outros caminhos.

Isso mostra que os reflexos de Tião da Zaeli, como também dos processos que investigam os supostos esquemas de sonegação de impostos R$ 98 milhões, estão interferindo diretamente na opinião popular, referente a escolha ou não de Flávio Vargas para prefeito.

Foto: Divulgação

Entre os principais questionamentos estão:

Se Flávio Vargas não paga impostos, como ele vai cobrar do povo?

Será que o principal projeto de Flávio é a “sonegação” de impostos para todos?

 Tião da Zaeli, coordenador de campanha, terá lugar na gestão?

É essa mudança que o povo de Várzea Grande merece?

Isso mostra que na verdade, nem tudo que dizem é verdade.

  1. Apoio o candidato joelson, faz muito bem ele não fazer parte dessa corja de corruptos, ele esta certíssimo em fazer sua campanha solo, pôs antes só do que mal acompanhado como ele diz, boa sorte vereador estamos juntos e Deus abençoe vc .

Comments are closed.