TCE-MT e MPC registram mais de 11 mil procedimentos no teletrabalho

Da Redação

O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) e o Ministério Público de Contas (MPC) realizaram mais de 11 mil procedimentos no período de teletrabalho, de 18 de março a 7 de abril. A produtividade do corpo técnico, dos gabinetes dos conselheiros e procuradores de contas representou mais da metade das ações registradas no período contabilizado, com 6.802 atos técnicos.

Para o presidente da Corte de Contas, conselheiro Guilherme Antonio Maluf, os números refletem a intensidade dos trabalhos de todos os membros, servidores e colaboradores do tribunal nesse período de pandemia de coronavírus.

“O TCE-MT foi o primeiro órgão público do estado a determinar o home office integral, entendendo a gravidade do momento. Fechamos as portas da sede física para conter o avanço da doença, mas reforçamos ao nosso corpo funcional a importância de continuar promovendo o controle, mantendo nossas atividades e intensificando as orientações aos jurisdicionados. O resultado foi muito positivo e podemos avançar ainda mais”, pontuou o presidente.

O Procurador-geral de Contas Alisson Carvalho de Alencar, ressaltou que a experiência obtida com o teletrabalho no MPC, implementado desde 2018, contribuiu para o sucesso do trabalho remoto na instituição, nesse período de pandemia.

“Parte da equipe do MPC opera em teletrabalho seguindo diretrizes sólidas de qualidade e produtividade. Com essa experiência e pequenos ajustes, conseguimos colocar toda a instituição em trabalho remoto sem parar um único minuto. Percebemos que nossa produção em algumas áreas foi mantida e em outras, como na administrativa, por exemplo, ela aumentou. Esse período de pandemia, com a necessidade de distanciamento social tem nos ensinado novas formas de trabalhar o que vai, certamente, evoluir nossa atuação”, explicou o Procurador-geral.

O levantamento foi realizado entre os dias 18 de março e 7 de abril, no período de 15 dias úteis. Foram contabilizados o total de 11.781 atos técnicos e administrativos efetuados por todo o corpo funcional. 

Sessões – TCE-MT e MPC retomam a partir do dia 22, as sessões de julgamentos dos processos virtuais e não virtuais. As sessões plenárias serão realizadas por videoconferência. Já o trabalho remoto por prevenção aos riscos de contaminação pelo novo coronavírus (COVID-19) foi prorrogado e as atividades normais nos órgãos serão retomadas no dia 4 de maio.